quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Lombardo de 2 maneiras

Cá em casa há quem goste de salsichas enroladas em lombardo, mas só se usam algumas das folhas. O que fazer ao que sobra desta belíssima e muito saborosa couve? Há quem faça sopa, também se pode fazer arroz, ou usar numa feijoada (isto no Inverno!), mas eu tinha em casa uma farinheira e decidi por um prato de forno... lombardo gratinado com farinheira.
Para as salsichas enroladas em lombardo precisei de:
1 cebola média picada fininha
150 g bacon em pedaços pequenos
7 dentes de alho
8 salsichas
8 folhas de couve lombarda
150 ml azeite
300 ml polpa de tomate
200 ml vinho branco
200 ml caldo de galinha caseiro
sal grosso e pimenta q.b.

Escaldar as folhas em água a ferver e remover a parte mais grossa dos talos. Enrolar uma salsicha por folha e reservar. 

Numa panela cobrir o fundo com azeite e aloirar a cebola, o alho esmagado com sal e o bacon. Quando a cebola estiver transparente adicionar a polpa de tomate, misturar e colocar as trouxas de salsicha sobre o refogado. Regar com o vinho branco e o caldo de galinha e deixar cozer até que a couve esteja cozida.

Para o lombardo gratinado com farinheira foi necessário o resto da couve, 1 farinheira e algum molho branco.

Depois de lavar, cortar em quartos e tirar os talos, levei a couve a cozer em água temperada com sal até estar bem tenra, tendo cortado grosseiramente em seguida.

Numa panela à parte cozi a farinheira que tinha no frigorífico e, ainda quente, retirei a pele e "piquei" o recheio.

Na assadeira coloquei metade da couve, depois a farinheira bem espalhada e, seguidamente, o lombardo restante. Reguei tudo com molho branco feito com 500 ml de leite, 1 colher de sopa de margarina e 2 colheres de sopa de farinha, temperado com sumo de meio limão, sal grosso, pimenta preta moída fresca e noz moscada ralada na hora.

Foi ao forno a gratinar a 180ºC durante 30 minutos e ficou delicioso!

Sem comentários:

Enviar um comentário